quinta-feira, 7 de junho de 2018

EXERCÍCIO - ASSUNTO: ESPORTE ADAPTADO - 2º ANO

Copie as questões abaixo no seu caderno e responda:

1.O que é o esporte adaptado?
2. Quais os benefícios que a prática de esportes adaptados propicia para seus participantes?
3. Fale um pouco sobre a história dos esportes adaptados?
4. Como surgiram os jogos paraolímpicos?
5.Como aconteceu o movimento Paraolímpico no Brasil
6. Cite algumas modalidades paraolímpicas?
7. Qual a importância dos esportes para a inclusão das pessoas portadora de necessidades especiais?
8. Na sua comunidade, há espaços apropriados para a prática esportiva de pessoas portadoras de necessidades especiais?

segunda-feira, 7 de maio de 2018

ATIVIDADE 3º ANO - LUTAS

Copie as questões abaixo no seu caderno e faça uma busca na internet para responder as perguntas:

1. Faça um breve resumo sobre a origem das lutas.
2. Qual o primeiro sistema de lutas?
3. O que é o  wrestling?
4. Qual a origem do termo "artes marciais"?
5. Quais os valores éticos podem ser aprendidos através das artes marciais?
6. Quais tipos de lutas estão presentes nos Jogos Olímpicos?
7. Como surgiu a capoeira no Brasil?
8. Qual a diferença entre luta e briga?

segunda-feira, 2 de abril de 2018

ATIVIDADE 2º B - 03/04/2018


ORIGEM DAS LUTAS
    A origem das lutas confunde-se com o início da civilização. Sempre fizeram parte do homem, dentro de toda ação de defesa, contra uma fera ou um inimigo, ou de ataque, como a caça ou o combate na guerra, utilizando o corpo ou armas. Hoje está presente a luta, de forma organizada como as modalidades conhecidas, ou como instinto próprio, vinda da necessidade do ser humano em proteger o seu corpo . Entende-se que, a localidade exata da origem das lutas, ou dos combates, é bem vasta, e não possibilita sua real localização geográfica, porém indícios levam a crer que surgiram entre a China ou Índia, no século V a.C através do comércio marítimo. Muitos artistas marciais consideram a China como o berço dessa cultura, como se referem Reid; Croucher (2003, apud FERREIRA 2006, p. 38):
“Um monge indiano chamado Bodhidharma chegou certo dia ao templo mosteiro de Songshan Shaolin, na China, onde passou a ensinar um tipo novo e mais direto de Budismo, que envolvia longos períodos de estática (...) para ajudá-los a aguentar as longas horas de meditação, ensinou-lhes técnicas de respiração e exercícios para desenvolver a força e a capacidade de defender-se na remota e montanhosa região onde residiam”.
Luta (em inglês: wrestling) é uma arte marcial que utiliza técnicas de agarramento, arremessos e derrubadas, chaves, pinos e outros golpes. Uma luta é uma competição física entre dois (às vezes mais) competidores, que tentam ganhar e manter uma posição superior. Há uma grande variedade de estilos, com diferentes regras tanto nos estilos tradicionais históricos, quanto nos estilos modernos. Técnicas de luta foram incorporadas por outras artes marciais, bem como por sistemas militares de combate corpo-a-corpo.
Como esporte, com exceção do atletismo, a luta é o esporte mais antigo de que se tem conhecimento, e que se pratica ininterruptamente ao longo dos séculos de maneira competitiva. Há referências relacionadas a Ilíada, de Homero, que narra a Guerra de Tróia, nos século XIII a.C. As origens da luta podem ser rastreadas até 15.000 anos através de desenhos em cavernas na França. Desenhos babilônicos e egípcios mostram lutadores usando a maioria das pegadas conhecidas no esporte atual. Existem desenhos de lutadores nas cavernas dos sumérios-acadianos, datados de 3000 a.C.. No Egito, também existem estes tipos de desenhos em pinturas murais no túmulo de Beni Hasan, datados de 2400 a.C..
Na Grécia antiga, a luta ocupou um lugar de destaque nas lendas e na literatura; competições de luta, brutais em muitos aspectos, foram o esporte número um dos Jogos Olímpicos, sendo introduzido nos Jogos Olímpicos da Antiguidade em 708 a.C., através da prática do estilo pancrácio, pouco depois da data histórica do início dos Jogos Olímpicos, em 776 a.C.. Os antigos romanos tiveram fortes influências da luta grega, mas eliminaram grande parte da sua brutalidade. Durante a Idade Média (do século V ao século XV), a luta permaneceu popular e apreciado com o patrocínio de várias famílias reais, incluindo as da França, Japão e Inglaterra.
Na Antiguidade, o domínio das técnicas de luta era muito importante para a manutenção e conquista de territórios. Assim, não é incomum encontrar todo um sistema de ensino e treinamento dessas técnicas em diversos povos desse período. Contudo, em tempos de paz, parte dessas técnicas foi ligeiramente modificada para formas mais amenas de combate, as quais poderiam ser praticadas com segurança e ainda assim manter os indivíduos treinados, algo muito importante se considerada a possibilidade de seu uso no campo de batalha. “Nesse processo, várias dessas técnicas passaram a ter características de “jogos”, com regras específicas, que atraíam o público por seu caráter espetacular, como ocorria com os Jogos disputados em Olímpia e os jogos públicos com gladiadores em Roma” (p. 718).
AS LUTAS NOS JOGOS OLÍMPICOS DA ANTIGUIDADE
Para Freitas e Barreto (2008), o grupo de lutas dos Jogos Olímpicos era constituído de três provas:
Luta - Na luta grega era necessário provocar três vezes a queda do adversário para se consagrar vencedor. Considerava-se que tinha ocorrido uma queda quando as costas, ombros ou peito do adversário tinham tocado o chão. Antes de iniciarem a luta os concorrentes untavam o corpo com azeite e deitavam um pouco de terra para evitar que a pele se tornasse escorregadia. A prova não possuía um tempo limite. Era permitido partir os dedos do adversário, mas não era permitido realizar ataques na região genital ou recorrer a mordeduras. Existiam provas reservadas aos homens adultos e aos rapazes.
Pugilato – Considerado o ancestral do boxe a prática do pugilato na Grécia Antiga remonta ao século VIII a.C.. Apenas se poderia atacar com os punhos e os concorrentes envolviam os dedos com tiras de couro. Não existiam assaltos nem categorias baseadas no peso dos atletas. O jogo terminava quando um dos atletas ficava inconsciente ou colocava um dedo no ar em sinal de desistência.
Pancrácio - O pancrácio era uma combinação da luta e do pugilato, sendo o seu resultado uma prova extremamente violenta, cujos concorrentes poderiam mesmo vir a morrer. Tudo era permitido, com exceção de enfiar dedos nos olhos, atacar a região genital, arranhar ou morder. A vitória ocorria quando um dos atletas já não conseguia continuar a lutar, levantando um dedo para que o juiz percebesse.
AS LUTAS NOS JOGOS OLÍMPICOS DA ATUALIDADE
Atualmente são disputadas quatro modalidades de lutas nos Jogos Olímpicos, são elas:
Boxe - Tem sua origem nos séculos XVIII e XIX na Inglaterra e era praticado com as mãos nuas. Essas lutas com as mãos descobertas eram frequentemente brutais, de modo que acabou sofrendo intensas mudanças em 1867, com a formulação das Regras de Queensberry, que previam rounds de três minutos, separados por um intervalo de um minuto, além do uso obrigatório das luvas. Essas regras entraram em vigor em 1872.
Judô - Foi sistematizado e organizado por volta de 1882, pelo mestre ocidental Jigoro Kano e se constituiu a partir dos movimentos e gestos do ju-jutsu (ju: flexível e jutsu arte praticada pelos samurais japoneses sem a utilização de armas.
Luta livre (Greco romana) - Foi desenvolvida na França no início do século 19, e era parte do treinamento dos soldados de Napoleão. Em sua versão moderna, a luta Greco-romana é mais um esporte que uma arte marcial. Não se deve confundi-la com a luta livre, pois a luta grego-romana segue um estilo rigidamente centrado na parte superior do corpo, em que o competidor pode usar somente os membros superiores e atacar o oponente acima da cintura.
Taekwondo - arte marcial surgiu como forma de renascimento, depois dos conflitos e período de dominação da Coréia pelo Japão. Após a Segunda Guerra Mundial, o Taekwondo foi criado com base no Karatê japonês com influências de Taekkyeon, arte marcial coreana.
EXERCÍCIO DE APENDIZAGEM
1.     Faça um breve resumo sobre a origem das lutas.
2.     Cite quais são os primeiros registros de lutas que eram praticadas de maneira competitiva?
3.     Qual a importância das lutas na sociedade grega?
4.     Sabemos que durante a antiguidade o domínio das técnicas de luta era muito importante para a manutenção e conquista de territórios. Explique porque algumas técnicas de lutas foram modificadas para formas mais amenas de combate?
5.     Nos Jogos Olímpicos da antiguidade, o grupo de lutas era constituído de três provas. Explique como funcionavam essas lutas e suas principais regras.
6.     Atualmente são disputadas quatro modalidades de lutas nos Jogos Olímpicos. Fale um pouco sobre a origem dessas lutas?


domingo, 26 de novembro de 2017

ATIVIDADE DE PESQUISA 1º A

1. O que é o esporte adaptado?
2. Quais os benefícios físicos e psíquicos que a prática de esportes adaptados propicia para seus participantes?
3. Cite alguns objetivos estabelecidos para a prática de esportes adaptados respeitando as limitações de cada participante?
4. Fale um pouco sobre a história dos esportes adaptados?
5. Como surgiram os jogos paraolímpicos?
6. Cite algumas modalidades paraolímpicas?
7. Qual a importância dos esportes para a inclusão das pessoas portadora de necessidades especiais?

8. Na sua comunidade, há espaços apropriados para a prática esportiva de pessoas portadoras de necessidades especiais?

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

ATIVIDADE DE PESQUISA - 2º A

1.       O que é anabolismo e catabolismo?
2.       O que é o Crossfit?
3.       O que são indivíduos mesomorfo, ectomorfo ou endomorfo?
4.       Qual a diferença entre anabolizantes e suplementos alimentares?
5.       Qual a importância do alongamento e aquecimento antes da musculação?
6.       Quais alimentos devem ser consumidos antes e depois da musculação?
7.       O que é o ácido lático?
8.       Qual a importância da alimentação no processo de construção de massa muscular?




segunda-feira, 23 de outubro de 2017

MUSCULAÇÃO

CONCEITO
A musculação é uma atividade física versátil, geralmente com a utilização de pesos nos treinos. Não pode ser considerado um esporte, mas é um instrumento para o condicionamento físico das pessoas, sejam atletas ou não.
A musculação é a base de esportes como o fisiculturismo (musculação de competição) e o levantamento de peso (básico e olímpico). Além disso, atletas de inúmeras modalidades utilizam a musculação para o preparo físico específico em seus esportes.

HISTÓRIA DA MUSCULAÇÃO
Segundo Leighton (1986), a mitologia grega relata que houve um homem chamado Milo, que vivia em Crotona, que queria se tomar o homem mais forte de toda a Grécia, e para tal fato ele realizava seus treinamentos carregando um bezerro nas costas. À medida que o bezerro ia crescendo, Milo ia ficando mais forte, a ponto do bezerro virar um touro e Milo carregá-lo nos ombros.
A musculação como forma de competição onde se exibia os músculos tem como dado oficial o registro da primeira competição em 1901 em Londres. Possivelmente tenham existidos outros campeonatos, mas este é o que parece que deu início oficial ao esporte. Esta competição foi intitulada: "O Físico mais Fabuloso do Mundo" e foi idealizada e realizado por Eugene Sandow e contou com 156 atletas. O vencedor foi Willian Murray, que mais tarde se tornou ator, cantor e músico, tendo criado números artísticos com atletas que imitavam gladiadores, junto com estes eventos criou campeonatos de Musculação na Inglaterra.

TIPOS DE MÚSCULOS
Músculo Cardíaco: Como o nome já diz, é o músculo que compõe inteiramente nosso coração, é responsável pelos movimentos involuntários de contração e descontração que gera o bombeamento de sangue para todo nosso organismo.
Músculo Liso: Esse tipo de tecido muscular é mais comumente encontrado em órgãos internos de nosso corpo, como por exemplo: no estômago, bexiga entre outros. Responsáveis pela digestão e excreção respectivamente no exemplo dado.
Músculo Esquelético: é inervado pelo sistema nervoso central e, como este se encontra em parte sob controle consciente, chama-se músculo voluntário. As contrações do músculo esquelético permitem os movimentos dos diversos ossos e cartilagens do esqueleto.
O QUE SÃO FIBRAS MUSCULARES
Fibras musculares são estruturas que se localizam internamente aos músculos.
Cada músculo do corpo é formado pelas chamadas fibras musculares que podem ser rápidas, lentas e outras com características intermediárias entre as rápidas e lentas.
Tipos de fibras musculares
TIPO I: Contração muscular lenta, utiliza o oxigênio como principal fonte de energia, são altamente resistente  a fadiga, pouca hipertrofia muscular e são mais apropriadas a exercícios de longa duração
TIPO II: Contração muscular rápida, geram movimentos rápidos e poderosos, fadigam rapidamente e facilitam o ganho de massa muscular. Dividi-se em:
IIA: Fibra intermediária (atividades de força, velocidade e resistência).
IIB: Atividades de força com pouca resistência.

HIPERTROFIA E HIPERPLASIA
Hipertrofia é um processo que ocorre a nível celular e esta vinculado ao aumento do tamanho e do volume das células. Portanto quando você sofre hipertrofia, você não desenvolve células musculares novas, apenas aumenta as já existentes de tamanho.
Na hiperplasia ao invés de aumentar o volume celular, o que acontece é um aumento do número de células. Com a hiperplasia, novas células são produzidas e o que aumenta é a cisão longitudinal das fibras, dividindo linearmente as fibras em duas.


CUIDADOS ANTES COMEÇAR A FAZER MUSCULAÇÃO
·         Alongue seu corpo de uma forma geral, mas dê ênfase à parte que será exercitada.
·         Faça um pequeno aquecimento (correndo ou caminhando) por pelo menos 10 minutos.
·         Não exagere na carga dos aparelhos na primeira série de cada exercício.
·         Tente fazer movimentos suaves, iguais e repetidos, sem impactos grandes e em determinado ritmo.
·         Aumente o peso do exercício apenas se você conseguir fazer mais repetições do que o seu professor indicou.
·         Não exagere na carga dos aparelhos, pois poderão surgir problemas de postura e dores musculares.
·         Atente para o intervalo recomendado pelo seu professor durante as séries de exercícios.
·         Beba água quando puder.
·         Alongue após o treino, a fim de evitar dores e lesões musculares posteriores.

OVERTRAINING
Overtraining é o termo usado para designar um excesso de treinamento. Ocorre quando a pessoa treina de forma inadequada, não respeitando os intervalos ou tempo de recuperação. Este exagero poderia ser evitado com um bom planejamento em relação a volume, intensidade e pausas de recuperação dos treinos.

O QUE É TREINAMENTO FUNCIONAL?
O treinamento funcional se baseia nos movimentos naturais do ser humano, como pular, correr, puxar, agachar, girar e empurrar. O praticante ganha força, equilíbrio, flexibilidade, condicionamento, resistência e agilidade. Ele tira a pessoa dos movimentos mecânicos e eixos definidos ou isolados, como acontece na musculação. Por isso, virou uma alternativa para quem estava cansado dos exercícios mais tradicionais na academia. 
Para trabalhar a musculatura profunda, são utilizados acessórios como elásticos, cordas, bolas, cones, discos e hastes. É um método que ajuda a prevenir lesões, gera melhorias cardiovasculares, a redução do percentual de gordura, emagrecimento e definição muscular. 


BENEFÍCIOS DA MUSCULAÇÃO
·         Tonificação muscular
·         Auxilia na prevenção de osteoporose
·         Aumento da força
·         Melhora o sistema imunológico
·         Diminui os riscos de adquirir diabetes
·         Melhora da autoestima
·         Diminuição de gordura corporal
·         Correção da postura
·         Acelera o metabolismo

DICAS PARA MELHORAR OS RESULTADOS DE SEU TREINO
·         Treine com regularidade
·         Divida o treino em grupos musculares
·         Nenhum músculo cresce se o corpo não estiver bem alimentado
·         Os músculos crescem se sobrecarregados, não por fadiga ou inchaço
·         É preciso repouso para os músculos crescerem


EXERCÍCIO DE APRENDIZAGEM
1. Qual o conceito de musculação.
2. Faça um breve resumo da história da musculação.
3. Quais os tipos de músculos?
4. O que são as fibras musculares?
5. Quais os tipos de fibras musculares?
6. Qual a diferença entre hipertrofia e hiperplasia?
7. Cite alguns cuidados que devemos ter antes de começar a fazer musculação?
8. O que é overtraining?
9. O que é treinamento funcional?
10. Cite alguns benefícios que a musculação proporciona a nossa saúde?




sexta-feira, 13 de outubro de 2017

ATIVIDADE 1º B - 19/10

ATIVIDADE DE PESQUISA
1.Explique o que é  Esporte educação, Esporte participação e Esporte rendimento.
2.Que valores podem ser aprendidos através da prática esportiva.
3.Defina o que significa "fair play" no esporte.
4.Qual a diferença entre esporte cooperativo e esporte competitivo?
5.Quais os benefícios da prática esportiva?
6.O que é esporte adaptado?
7.Qual a importância do esporte adaptado para seus praticantes?
8.O que é as paralímpiadas?

domingo, 27 de agosto de 2017

ATIVIDADE DE PESQUISA - 3º ANO A e 3º B - 28/08/2017

CONHEÇA AS VITAMINAS ESSENCIAIS PARA SUA SAÚDE
As vitaminas são nutrientes importantes para o nosso organismo. São de extrema importância para o seu bom funcionamento, principalmente porque ajudam a evitar muitas doenças. Esse grupo de nutrientes orgânicos promove o bem-estar físico e mental. Como não são fabricadas pelo nosso corpo, precisamos saber quais suas funções e em quais alimentos encontrá-las. São ainda, classificadas em lipossolúveis e hidrossolúveis, de acordo com suas capacidades de se dissolverem em água ou óleo.
Vitaminas Lipossolúveis: possuem facilidade na absorção, transitam pelo sistema e são eliminadas pela urina. Logo, não são armazenadas, exceto a vitamina B12 que é retida no fígado. (são solúveis em gordura). Quais são? Vitaminas A, D, E, K.
Vitaminas Hidrossolúveis: nesse caso, o organismo utiliza o que necessita e elimina o excesso. (são solúveis em água). Quais são? Vitamina C e Vitaminas do complexo B.
A falta de vitaminas, ou avitaminose, é a carência de vitaminas no corpo causada pela má absorção do organismo ou pela falta de ingestão vitamínica em forma de alimento ou suplemento. As vitaminas são necessárias para o bom funcionamento do corpo humano e estão presente nos alimentos em geral, mas especialmente nas frutas e legumes.
A melhor maneira de consumir todas as vitaminas necessárias para o bom funcionamento do corpo é fazer uma alimentação saudável e variada, de preferência incluindo alimentos frescos e biológicos. A suplementação vitamínica com comprimidos também é uma alternativa para prevenir ou tratar a falta de vitaminas e suas consequências (embora o consumo de complexos vitamínicos não devam substituir uma boa alimentação, nem ser consumido sem orientação e supervisão médica).
Benefícios das Vitaminas
ü  Melhora a pele e mucosas.
ü  Age sobre o sistema nervoso, trabalhando o metabolismo dos açúcares, das gorduras e das proteínas.
ü  Fornece energia ao organismo.
ü  Melhora a oxigenação celular.
ü  Ajuda nos processos de cura e rejuvenescimento.
ü  Age nos glóbulos vermelhos, células nervosas, no equilíbrio hormonal e na beleza da pele.
ü  Age sobre o tecido conjuntivo, tem poder desintoxicante, combate o stress e também como antibiótico natural.
ü  Auxilia na cura de doenças e infecções.
Conheça cinco vitaminas fundamentais para boa saúde e funções do corpo:
Vitamina A
Se você quer praticar esportes, ter ossos saudáveis, enxergar perfeitamente, possuir um sorriso bonito, com dentes fortes e ainda proteger a sua pele dos radicais livres, tem que consumir vitamina A. Conhecida também como retinol, o nutriente é uma vitamina lipossolúvel essencial para a visão, e pode ser obtida através da alimentação saudável. Ela apresenta duas categorias: a de origem animal é encontrada em produtos como fígado, leite e derivados, ovo (gema) e peixe. Já a vegetal está presente no azeite de dendê, frutas e vegetais amarelos e laranjas (batata doce, abóbora, cenoura, manga), além das folhas verde escuras (alfafa, folhas de mostarda, bertalha, couve, brócolis, escarola, espinafre).
Vitamina C
Você treina regularmente, capricha na hidratação, malha, adora participar de provas e melhorar seus tempos, mas volta e meia é surpreendido com imunidade baixa e resfriado? Pode ser falta de vitamina C! Conhecida também como ácido ascórbico, é uma vitamina hidrossolúvel. Suas fontes naturais de alimentos estão na acerola, goiaba, caju, kiwi, morango, laranja, limão, mamão, fruta do conde, brócolis, pimentão, pimenta vermelha, couve, couve-flor, espinafre, ervilha, repolho, salsinha, alface, tomate, cenoura, mandioca e batata.
Vitamina D
Para garantir um bom nível de vitamina D no seu corpo e ter ossos saudáveis, a receita é bem simples: tome sol (com proteção), alimente-se adequadamente e pratique exercícios físicos.  É uma vitamina lipossolúvel, obtida principalmente através da luz solar (90% é sintetizada na pele humana pela radiação UV-B) e de fontes dietéticas (10%). Na dieta, poucos alimentos são fontes de vitamina D: óleo de fígado de bacalhau, gema de ovo, fígado, manteiga, peixes como arenque, salmão, cavala e, em menor quantidade, sardinha e atum.
Vitamina K
Você está praticando uma atividade física descalço e acaba tropeçando em uma pedra. Seu pé começa a sangrar, mas você quer ficar curado do corte logo. Se o nível de vitamina K do seu corpo estiver em equilíbrio, a coagulação sanguínea do ferimento vai ajudar no fim do sangramento. Essa é a principal característica do nutriente lipossolúvel. A forma predominante dela nos alimentos é a filoquinona (vitamina K1). Vegetais de folhas verde-escuras contêm maior teor de filoquinona e contribuem com 40-50% da ingestão total (espinafre, brócolis, repolho, alface). 
Vitamina B12
A B12 ou cobalamina é uma vitamina fundamental para o metabolismo do organismo. Ela é essencial para a integridade dos sistemas nervosos central e periférico. Além disso, a vitamina B12 participa da formação das hemácias e a sua deficiência pode causar a anemia megaloblástica. Quando é de origem autoimune com a ausência do fator intrínseco (substância produzida pelo estômago), essa anemia ganha o nome de perniciosa.
IMPORTÂNCIA DAS VITAMINAS E SAIS MINERAIS PARA A ATIVIDADE FÍSICA
Todos aqueles que fazem alguma atividade física mensalmente necessitam de vitaminas e sais minerais que os mantenham firmes para designar qualquer tipo de exercício. Esses mesmos nutrientes podem ser encontrados através de vários alimentos potencializadores da força. Consumir diversos vegetais, frutas, sementes, proteínas e óleos são indispensáveis. Somente esses terão poder ativador de formar músculos e ainda trazer força para o desempenho das atividades. Além disso, fazem com que o corpo funcione perfeitamente, bem como o organismo. As vitaminas desencadeiam benefícios como melhora funcionamento do organismo, reações metabólicas, sistema imunológico, rendimento de atletas e praticantes de exercício físico.
Quando colocamos nosso corpo a prova de atividade física, o mesmo por si só realiza o aumento da produção de radicais livres. Esses são responsáveis por roubar nossos elétrons das células saudáveis. Essa é uma maneira inteligente que eles conseguem permanecer mais tempo no corpo.
EXERCÍCIO DE APRENDIZAGEM
1.      O que são as vitaminas?
2.      Qual a diferença entre as vitaminas lipossolúveis e hidrossolúveis.
3.      O que é a avitaminose?
4.      Quais os benefícios das vitaminas?
5.      Explique os benefícios das seguintes vitaminas:
a)      Vitamina A
b)      Vitamina C
c)      Vitamina D
d)     Vitamina K
e)      Vitamina B12

6.      Qual a importância das vitaminas e sais minerais para um bom desempenho durante a atividade física?